Como Fazer Um Empréstimo Pessoal Na Caixa

Com o objetivo principal de ajudar você e sua família a realizar viagens, reformas ou suprir qualquer necessidade financeira, a Caixa tem o empréstimo pessoal.

ANÚNCIO

Como o intuito deste crédito não é conquistar carros ou casas, a sua liberação é ainda mais fácil; para que o cliente não sofra com qualquer interrupção.

Se você se interessou por este empréstimo, continue lendo este artigo, pois traremos informações importantes, de como tê-lo, quais os juros entre outros.

ANÚNCIO

COMO TER O MEU EMPRÉSTIMO PESSOAL DA CAIXA? :

O empréstimo precisa ser solicitado em uma agência física; mas para que o processo seja ainda mais rápido, já esteja ciente que é necessário levar consigo os seguintes documentos:

ANÚNCIO
  • É preciso que leve um documento de identificação com foto (como o RG);
  •  Também, é preciso do seu Cadastro de Pessoa Física (também chamado de CPF);
  • Além disso tudo, leve um comprovante de renda (que pode ser um holerite, ou um extrato bancário, por exemplo).

E por último um comprovante de residência (tanto uma conta de água, ou uma de luz).Depois de apresentar todos esses dados, o seu pedido passará por uma análise.

Assim que for liberado, o contrato também será feito em uma agência, ele corresponderá com as suas necessidades e sua condição financeira.

Em seguida, o dinheiro solicitado caíra direto na sua conta. Mas pode ser que haja um caso de negação do pedido; talvez por causa do valor. Ele pode estar acima de seu limite financeiro, conforme foi apresentado na agência.

 

QUAL O LIMITE MÁXIMO DO EMPRÉSTIMO?

Não há limites no valor, para o pedido do empréstimo; mas isso não quer dizer que poderá ser aceito.

Conforme dito acima, a solicitação poderá ser negada, caso você tenha pendencias com contas, além da sua renda mensal, apresentada pelos documentos entregues.

 

SIMULADOR

Com as seguintes informações:

  • Valor do empréstimo desejado;
  • Valor que queira pagar nas parcelas;
  •  Taxa de juros (que iremos apresentar no próximo tópico do artigo).
  • É possível que você veja a condição final de seu contrato.
  • E tudo isso é possível fazer em um única ida à agência bancária; através de um simulador.

 

VALORES ATRIBUÍDOS ÀS PARCELAS DO EMPRÉSTIMO

Como todo empréstimo apresenta uma taxa de juros, o empréstimo pessoal da Caixa não é diferente.

Mas nele, é cobrado o que chamamos de Imposto Sobre Operações Financeiras, mais conhecido como IOF. Mas como o empréstimo apresenta várias opções (também serão explicadas no próximo tópico do texto), o valor do juros vai variar.

Dentro das opções, existe aquelas que são pré-fixadas, definidas no dia da contratação do crédito; elas vem a partir da taxa em vigor, diminuídos no ato de contratação.

E também há a outra opção, que é a das pós-fixadas, que tem um juros que varia a cada mês, além da taxa referencial.

 

QUAIS SÃO AS OPÇÕES DISPONÍVEIS?

Contudo, são apresentados quatro opções, que serão apresentadas a seguir:

  1. Crédito pessoal pré-fixado: as parcelas serão pagas com um valor que já foi decidido, desde o primeiro momento da aplicação financeira.

Para que o pagamento seja feito por completo, há o prazo de no máximo 4 anos (de 1 à 48 meses).

  1. Crédito pessoal pós-fixado: as prestações serão pagas por um valor que foi definida depois do contrato; como essa opção está relacionada ao Índice de Preços ao Consumidor, o juros vai variar, pois ele irá conforme
    o Índice citado. E o seu prazo vai terá entre 1 à 36 meses (equivalentes à 3 anos).
  2. Crédito salário mensal pré-fixado: esta opção atende principalmente aqueles que recebem seu salário através de uma conta de depósito, ou um benefício na Caixa. E o seu prazo é de 1 à 48 meses (total de 4 anos).
  3. Crédito salário mensal pós fixada: semelhante à última opção, esta também é destinada aqueles que recebem através da Caixa, porém, com um prazo um pouco menor; este tem até 36 meses de pagamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *