Leilão de Carros: saiba como participar

Comprar um veículo através de um Leilão de Carros é uma boa pedida para quem tem interesse em economizar em tempos de crise. Muitos especialistas nesse assunto confirmam que o desconto pode chegar a 60%.

Porém, antes de comprar um carro através de um leilão é preciso, antes de tudo, entender algumas questões. Por exemplo:

# O que é um leilão?

# Quem pode comprar no leilão de carros?

# Qual é a procedência do carro?

Enfim, dúvidas que surgem em nossa cabeça e, muitas vezes, não sabemos a quem perguntar.

Fique tranqüilo!

Após terminar de ler este artigo, você será capaz de entender todo esse mecanismo, pois todas as suas dúvidas serão sanadas e, caso ainda tenha outras perguntas, é só escrever nos comentários deste artigo que vamos responder.

O que é um leilão?

Um leilão é uma negociação, difundida em órgãos públicos e empresas privadas, do qual administradores e servidores solucionam a compra ou venda de bens. Refere-se a umasérie de regras para especificar a forma de venda de um bem e a determinação do comprador vencedor e quanto este deve pagar.

O leiloeiro é um agente público do Direito Administrativo Brasileiro e é o responsável em ler as condições de venda de um bem, as quais deverão ser acompanhadas por todos os compradores.

Lote é um conjunto formado de um ou mais bens que serão leiloados. No caso de leilão de veículos, um lote pode ser formado por apenas um automóvel ou pode ser constituído por um conjunto de motores e peças diversas.

Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido.

O comprador analisa qual lote ele tem interesse em adquirir e caso existam mais pessoas interessadas no mesmo lote inicia-se uma disputa para decidir quem dará o maior lance começando com o lance mínimo. Ganha quem der o melhor lance.

Qualquer pessoa pode comprar no leilão de carros?

Qualquer pessoa física ou jurídica pode participar de um leilão de carros. Pois se trata de algo público e deve ser acessível aos cidadãos interessados. Desde que maior de 18 anos ou emancipado.

Pessoas físicas, para participar de um leilão de carros pela Receita Federal, por exemplo, devem apresentar como condição de validade de seus lances a Carteira de Identidade e o CPF. Já pessoa jurídica deverá participar de uma fase de habilitação prévia pela Receita Federal.

Alguns leilões de carros são realizados pelo Detran (Departamento de Trânsito) e pelas Seguradoras.

Qual a procedência de um carro em leilão?

Muitos dos carros que vão para leilão são resultados de sinistros, ou seja, sofreram colisão com perda total ou foram recuperados de roubos/furtos. As apreensões podem acontecer por excesso de multas, falta de licenciamento e demais impostos atrasados, como, por exemplo, o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Mas a maioria dos carros leiloados é de carros financiados que foram apreendidos por falta de pagamento.

Veículos que tiveram perda total, após o recebimento da indenização pelo proprietário, são levados a leilão pelas seguradoras.

Terei que pagar dívidas antigas de um carro adquirido no leilão?

Muitos compradores ficam em dúvida se terão de pagar ou não as dívidas que o carro já possuía antes de ir a leilão. É importante saber que ao adquirir um veículo em um leilão, você fica encarregado de arcar com as despesas do IPVA do ano de compra e também com a transferência dos documentos para o nome do novo proprietário.

As dívidas do antigo proprietário de um carro em leilão ficam para trás, ou seja, o comprador desse veículo só terá despesas a partir do dia que arremata o leilão.

De acordo com o art. 328 do Código de Trânsito Brasileiro, o montante arrecadado no leilão deve servir para pagar as despesas da Administração Pública com o veículo (como a permanência no pátio) e os encargos legais, como tributos, taxas e multas. Assim como o IPVA e dívidas antigas, devem ser pagas com o dinheiro pago pelo arrematante na lance final.

O comprador sai do leilão já com o carro?

Não. Deve ser observado o decurso dos prazos legais e a solução definitiva de eventuais recursos. Todas essas informações devem ser observadas em edital do leilão em questão.

No caso de pagamento em cheque, quando está opção estiver no edital do leilão, o veículo somente será entregue após confirmação do pagamento junto à rede arrecadadora.

O valor do lance para os lotes deverá ser pago mediante Guia de Recolhimento da União – GRU – unidade gestora.A GRU será emitida em nome do arrematante e no valor do lance vencedor.

Normalmente, os bens arrematados deverão ser retirados no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos após a sua liberação.

E se o valor combinado não for pago pelo comprador?

Todas as informações estão no edital do leilão.

A regra mais usada, em casos de não pagamento por parte do comprador, é:

  1. Multa correspondente a 5% (cinco por cento) do valor da compra; e
  2. Suspensão temporária de participação em leilões.

Posso participar de um leilão de carros pela internet na receita federal?

Qualquer pessoa pode acompanhar os leilões da Receita Federal pela internet. Bastando apenas acessar o site da receita federal: http://idg.receita.fazenda.gov.br/

Porém, para participar de um leilão da Receita Federal pela internet é preciso fazer um cadastro no site e possuir um Certificado Digital, mais comumente chamado de e-CPF ou e-CNPJ.

Sem o Certificado Digital não é possível participar dos leilões pela internet.

É possível adquirir um Certificado Digital em qualquer autoridade certificadora relacionado em uma vasta lista no próprio site da Receita Federal.

Espero ter respondido todas as suas perguntas sobre Leilão de Carros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *